Wagner declara que fará ‘oposição menos fanática’ contra Bolsonaro


Senador eleito e ex-governador da Bahia, Jaques Wagner (PT) reafirmou nesta segunda-feira (17) que tem lugar marcado na oposição ao governo Bolsonaro, mas defendeu uma “oposição menos intolerante” e “fanática”.

“Eu já sou oposição. A posição do meu partido e a minha pessoal não têm como comungar com o governo que se instalou. A gente fica pensando na oposição que se construiu contra Dilma [Rousseff], que era tentativa de pauta bomba e destruir o governo. Ele [Bolsonaro] tem a legitimidade dele. Ganhou uma eleição, tem que governar e mostrar para o povo brasileiro quais são as suas propostas. [Defendo uma] oposição menos intolerante, menos fanática”, disse. ( Bahia.Ba)