Tia Eron é vaiada ao receber diploma e rebate: ‘Meu ouvido é seletivo’


Sem conseguir se reeleger, a deputada federal Tia Eron (PRB) foi vaiada ao receber o diploma de suplência, nesta segunda-feira (17), em cerimônia da Justiça Eleitoral, no Teatro Castro Alves.

Ao ser questionada pela imprensa sobre o episódio, ela ironizou: “Desculpe, meu ouvido é seletivo”.

A parlamentar foi convidada para integrar o futuro governo Jair Bolsonaro (PSL) como chefe da Secretaria da Mulher. Porém, em entrevista à imprensa mais cedo, também preferiu não confirmar se vai assumir o cargo e afirmou que quer sair do mandato “pela porta da frente”.