Em Simões Filho, imóveis do Minha Casa, Minha Vida são vendidos até no cartão de crédito


Empreendimentos em Simões Filho são vendidos antes do término do prazo de financiamento de 10 anos. Negociações, que antes eram feitas através de corretores, agora se dão no território das redes sociais

Na cidade de Simões Filho, Região Metropolitana de Salvador, Imóveis do Programa Minha Casa Minha Vida estão sendo negociados ilegalmente através de “contrato de gaveta” antes do prazo de quitação, que é de 10 anos. De acordo com levantamento feito pela reportagem do Fala Simões Filho, há casos de unidades habitacionais que, poucos meses depois de serem entregues após sorteio, já foram repassadas a terceiros mediante pagamento em dinheiro, promissórias e até o parcelamento através do cartão de crédito.

Especialistas explicam que a busca ” desesperada” pela casa própria pode se converter em transtorno para os que não prestam atenção nas entrelinhas. Por isto é importante ficar atento aos anúncios de proprietários que prometem a aquisição de imóveis pelo Minha Casa, Minha Vida em Simões Filho.

No site da OLX é possível encontrar algumas ofertas. Com o simples título de Apartamento em Simões Filho, o anúncio promete a venda de “Apartamento Minha Casa Minha Vida Residencial Bela Vista 1, localizado no distrito de Santo Antônio do Rio das Pedras. O valor é de R$22.000. Não há sequer indicação se a venda respeita o término do prazo de financiamento (famílias que recebem até 1,8 mil mensais devem esperar 10 anos para vender os seus imóveis).

Após uma busca ainda mais apurada, a reportagem do Fala Simões Fiilho destacou um anúncio de uma unidade do Minha Casa, Minha Vida no bairro Simões Filho I. No anúncio, a beneficiária pede R$ 15 mil, mas ela explica que tem conversa e até a possibilidade de fazer parcelamento.

“A gente facilita como você quiser, desde que dê uma entrada R$7.500,00. O restante nós dividimos. Pode ser através de promissórias ou cartão de crédito. Vale a pena você comprar. É um ótimo investimento que vai se valorizar muito daqui a alguns anos”. A garantia é de uma mulher que colocou anúncio em grupos do facebook e no site da OLX de um imóvel localizado no Residencial Alvorada, no Bairro Simões Filho I, pelo preço de R$ 15 mil.

Através de ligação telefônica, a mulher, que se identificou como Elenita , explicou que o imóvel não era dela mas de uma amiga que “mora no interior, está necessitando de dinheiro” e pediu para ela fazer a venda.

O cidadão que não queira ser pego desprevenido deve procurar saber se o empreendimento está apto a participar do programa do Governo Federal (uma boa dica é buscar informações junto ao Feirão CAIXA da Casa Própria) e se inteirar das condições exigíveis de financiamento (como não possuir imóvel próprio, por exemplo).

Veja abaixo se você pode se candidatar ao Minha Casa Minha Vida:

Faixa de Renda

Podem participar do programa três faixas de renda:

Faixa 1: renda familiar mensal de até R$1,8 mil;
Faixa 1,5: renda familiar mensal de até R$2,6 mil;
Faixa 2: renda familiar mensal de até R$4 mil;
Faixa 3: renda familiar mensal de até R$ 9 mil.
Valor dos Imóveis
Municípios nordestinos com população maior igual ou maior que 100 mil habitantes (como é o caso de Simões Filho), podem financiar imóveis cujo valor total seja de ATÉ R$160.00,00.
Documentos necessários
CPF – Cadastro de Pessoa Física ou documento oficial que contenha referido cadastro;
Carteira de identidade ou outro documento oficial de identificação que conste foto e filiação;
Certidão de nascimento se solteiro
Certidão de casamento ou certidão de óbito do cônjuge